Geração Pró Vida

Somos JOVENS
e somos MUiTOS

Somos JOVENS
e somos MUiTOS

Quem somos

Há muito tempo a mídia brasileira e internacional vem doutrinando toda uma geração dentro de uma visão utilitarista a favor do aborto. O mais forte prevalecendo sobre o mais fraco, sobre o indefeso, sobre o ser humano embrionário em formação do qual um dia todos fomos.

Organismos internacionais, patrocinam e deturpam as aspirações íntimas da mulher brasileira, protagonizam leis, investindo rios de dinheiro em campanhas pró aborto e indiretamente tentando promover a derrocada dos valores da família e do respeito ao nascituro. Estamos enxergando atônitos, todo um atentado contra o edifício da soberania nacional, protagonizado por uma engenharia social perversa, através de um aparelhamento institucional comprometido com a pauta da morte.

Eles escreveram páginas tristes da nossa história, mas o Brasil não foi e não será tomado pela morte. A juventude brasileira não suporta mais essa pressão, por fim sufocada diante deste ato contra a democracia brasileira através da ADPF 442 que quer legalizar o aborto até 12 semanas de vida, sem justificativas. Vamos dar um Basta! Nossas mãos estão unidas por um Brasil vivo e contra o ativismo judicial do STF pela legalização do aborto em nosso país.

Somos JOVENS e somos MUITOS.

Nós somos a Geração Pró-Vida
e a minha geração vai acabar
com o aborto no Brasil. No mundo.

O que é a ADPF 442?

A ADPF 442 tem o claro objetivo de descriminalizar o aborto no Brasil até a 12ª semana de gestação tornando-o livre e desimpedido com amparo legal para todas as mulheres do país. Essa arguição de descumprimento de preceito fundamental 442 (ADPF 442) foi protocolada dia 6 de março de 2017 pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) no STF argumentando que os artigos que criminalizam o aborto no país (Artº 124 e 125) vão na contra-mão dos direitos humanos e do direito da mulher sobre seu próprio corpo.

Levando em consideração que mais de 50% das gestações são femininas, metade das mulheres brasileiras embrionárias perdem o direito sobre o próprio corpo na sua condição humana embrionária protegida pelo Artº 5 da Constituição federal que resguarda a todo ser humano o direito à vida e pelo Artº 2 do tratado internacional do Pacto de São José da Costa Rica que põe a salvo o direto a vida desde a concepção, ou seja, desde a fecundação. ADPF 442 tem por tônica a coisificação do nascituro humano, atentando covardemente contra o nosso direito brasileiro, contra verdades médicas e científicas que atestam o início da vida ser na concepção, contra estatísticas de opinião pública que representam mais de 80% da população contra o aborto e contra a saúde da própria mulher brasileira que fica a mercê de toda uma gama de consequências nefastas do aborto de ordem psicológica e física como maior risco de contrair câncer de mama, de útero entre outros decorrentes do aborto provocado.

A única diferença entre aborto e
homicídio é o momento da execução.

ALISTE-SE E RECEBA NOSSO E-BOOK GRÁTIS

acompanhe
nosso blog

ATIVISMO JUDICIAL E OS 3 PODERES

Ver post

DADOS DO ABORTO NO MUNDO

Ver post

NÚMEROS DO ABORTO NO BRASIL

Ver post

O aborto jamais deve ser legalizado no Brasil!

Ver post

Marcha pela Vida

Ver post

testemunhais

Eu abortei! E foi a pior coisa que eu fiz!

Sara Winter

Ativista Pró-Vida

Quando fiz o aborto, era jovem e não tinha informação, achava que era livre e podia tudo. Devagar fui tomando consciência do que tinha feito, do que era o aborto. Considero a mesma coisa que matar uma pessoa.

Elba Ramalho

Cantora

Sofri violência sexual, acabei optando pelo aborto, conforme a legislação permitia, foi a PIOR escolha que fiz em minha vida. Hoje mostro para as mulheres a importância de preservar a vida, mesmo para aquelas que sofreram violência sexual como eu, pois as marcas físicas e psíquicas duram para sempre.

Zeze Luz

Cantora e Conselheira Pró-Vida

Apoiadores

VAMOS
CONVERSAR ?

Já é hora de darmos um basta nesta guerra contra a vida humana desde a concepção. O aborto nunca será solução e sim parte do problema agregando ainda mais problemas para mulheres embrionárias e mães. Junte-se a nós pelo fim do aborto no Brasil e no Mundo.